Principais Características

  • Origem: Portugal
  • Altura: macho – 65cm a 73cm      fêmea – 62cm a 69cm
  • Peso: macho – 45kg a 60kg            fêmea – 35kg a 45kg
  • Pelo: curto ou comprido                 Cor: amarelo, dourado, cinza, preto
  • Função original: cão de pastoreio

Origem e história da raça

Uma das raças mais antigas de Portugal, o Serra da Estrela tem origem exatamente nas montanhas que lhe deram o seu nome. Não há certeza acerca dos seus antepassados, mas acredita-se que descende dos cães do tipo Molossóides, trazidos pelos romanos durante a invasão romana.

A sua evolução deu-se ao longo de vários séculos, contudo, não há muitos registos sobre a sua presença antes do século XX, uma vez que eram utilizados em particular por pastores iliteratos que não se preocupavam em registar o padrão nem apresentá-los em concursos de canicultura.

Consequentemente, durantes anos pouco se soube sobre esta raça, apenas que era criada com o propósito de auxiliar os pastores e que deveriam ser fortes, ágeis, leais, atentos e capazes de tolerar temperaturas baixas.

Só início do século XX surgiram em concursos que tinham como foco promover e preservar a raça. Em 1933 cria-se o primeiro padrão oficial, de forma a distinguir o Serra da Estrela de outros cães de pastoreio.

Nos anos 70, alguns exemplares chegam ao continente americano, mas apenas em 1998 surgem registos da raça no país. Contudo, foi em Inglaterra que surgiu o primeiro padrão da raça, fora de Portugal.

Atualmente é ainda bastante utilizado como cão de pastoreio, mas também como cão de companhia, uma vez que é muito leal e fiel à sua família, fruto da sua função inicial.

Temperamento do Serra da Estrela

Criado para guardar o rebanho e acompanhar o seu pastor, o cão Serra da Estrela é conhecido pela sua extraordinária lealdade ao dono e coragem ao defender o rebanho de predadores ou possíveis ladrões.

Considerado um dos cães mais próximos e protetores da sua família, o Serra da Estrela é dócil e afável para com os seus, mas por norma este elege sempre um membro da família com quem terá uma ligação mais profunda e isso refletir-se-á na sua lealdade e dedicação total. Contudo, na presença de estranhos mostra-se desconfiado, como tal, a socialização precoce é muito importante para garantir um bom comportamento em todas as circunstâncias.

Fruto da função desempenhada durante séculos, este exemplar não só é um excelente cão de guarda, como também alerta com precisão e rapidez para a presença de terceiros e possíveis intrusos. Portanto, se procura um cão de pastoreio ou um patudo capaz de proteger a sua família, o Serra da Estrela é, sem dúvida, um candidato.

Como Cuidar de um Serra da Estrela

Quando planeamos embarcar na aventura de ter um cão, precisamos sempre de considerar vários aspetos. Para além dos pontos óbvios que serão a disponibilidade financeira, emocional e tempo para se dedicar ao mesmo, é importante perceber se o temperamento e as necessidades desse cão se adequam à sua personalidade e estilo de vida.

Um Serra da Estrela é um cão atlético, imponente e inteligente, cujo foco é a proteção do rebanho e da sua família e apesar da sua forte ligação aos donos, é um cão independente e um pouco obstinado.

Desta forma, é crucial que o dono tenha um pulso firme e constante durante a sua vida e em particular enquanto cachorro, para que este se torne um cão equilibrado, calmo e dócil. Não será certamente a melhor opção para donos inexperientes.

Uma vez mais o treino de obediência com reforço positivo e a socialização precoce são essenciais para garantir esse mesmo equilíbrio e evitar comportamentos agressivos com estranhos ou outros animais, em particular com outros machos.

Apesar de ser visto como um cão de guarda e de trabalho, o Serra da Estrela é um cão sensível e precisa da companhia e atenção da sua família, logo não deve ser esquecido no quintal.

Outro aspeto relevante para um Serra da Estrela é o espaço. Idealmente, este deve habituar numa quinta ou num habitação com quintal para se movimentar livremente. O facto de ter espaço não significa que não o leve a passear. Pelo contrário, este precisa de cerca de uma hora de exercício diário para se manter em forma e ser estimulado mentalmente. Portanto, prepara-se para passear e brincar com o seu cãopanheiro se procura um cão equilibrado e feliz.

É também conhecido por ser uma ótima companhia para as crianças. São muito protetores das mesmas e extremamente pacientes e leais, especialmente se forem criados com elas. Todavia, como é habitual, deverá supervisionar o contacto entre ambos e garantir que se comportam adequadamente.

Se é dono de um Serra da Estrela sabe que o mesmo perde pelo, em particular na mudança das estações. Escová-lo com alguma frequência, especialmente os exemplares de pelo comprido, ajuda a controlar a perda de pelo, mantendo-o limpo e evitando a formação de nós.

Saúde de um Serra da Estrela

Principais Preocupações: Displasia da anca e cotovelo

Vistos ocasionalmente: cardiomiopatia dilatada, dilatação e torção do estômago

Exames Sugeridos: quadril

Esperança média de Vida: 12 a 16 anos