Principais Características

  • Origem: Inglaterra
  • Altura: macho – 30-40cm fêmea- 30-40cm
  • Peso: macho – 24 a 25kg     fêmea – 18 a 23kg
  • Pelo: curto, liso e macio  Cor: fulvo e branco, branco, fulvo, malhado, tigrado e branco,  vermelho e branco.
  • Função original: Bull Baiting

Origem e história da raça

Quem tem um Bulldog Inglês sabe o quão paciente e calmo é este exemplar, afastando-se drasticamente do seu passado sangrento.

Criados para combater touros na prática de Bull Baiting e também para conduzir o gado até ao mercado, os bulldogs têm a sua origem nos cães do tipo Mastiff que chegaram às ilhas britânicas pela mão do exército Romano. Os primeiros exemplares eram cães mais altos e pesados, sendo o primeiro registo da raça em 1500, numa descrição da prática anterior, a qual era muito apreciada em terras de sua majestade.

A sua peculiar estrutura e aspeto tinha como único propósito maximizar o seu potencial durante o ataque ao touro e protegê-lo dos chifres. Felizmente, em 1835, este desporto foi banido e a raça foi reprogramada. Os amantes da mesma criaram, através de uma criteriosa seleção e ao longo dos anos, cães gentis, leais e bem-dispostos.

Em 1880 chegam aos Estados Unidos, sendo reconhecidos pelo AKC dez anos mais tarde. Atualmente, o sangrento e destemido gladiador, deu lugar a um cão curioso e simpático, tornando-se numa das raças mais populares em todo o mundo.

Temperamento de um Bulldog Inglês

Não se deixe enganar pela sua aparência e nem pelo seu passado agressivo. Estes patudos são muito tolerantes e pacientes, em particular com as crianças, e o seu passatempo preferido é, surpreenda-se, dormir!

Se procura um cão ativo, perspicaz e fácil de treinar, esta raça não será a mais indicada. O Bulldog Inglês é lento, preguiçoso e obstinado. Demora um pouco a aprender, mas quando o faz não o esquece.

Apesar de pouco ladrar, pode ser considerado um bom cão de guarda devido ao seu aspeto musculado e intimidante, suficiente para afastar possíveis intrusos.

São muito leais e dependentes da família e, por norma, são sociáveis com outros animais de estimação. Contudo, por vezes, os machos podem mostrar-se agressivos para com outros machos, reforçando a importância da socialização precoce.

Outro aspeto a ter em conta ao escolher esta raça como o seu cãopanheiro é o facto de estes exemplares sofrerem de flatulência, ressonarem e babarem-se, para além dos inúmeros sons que fazem, devido à estrutura da cabeça, que poderão incomodar alguns donos.

Sendo o Bulldog pouco adepto do exercício físico, não se surpreenda se durante os seus passeios diários, este decidir que já andou o suficiente e que precisa de uma pausa. Obstinado e robusto como é, não será fácil encaminhá-lo ou transportá-lo contra a sua vontade. Nestas situações, é particularmente importante não encorajar a sua teimosia.

Como Cuidar de um Bulldog Inglês

Sim, é verdade que cães desta raça são pouco ativos e energéticos. Ainda assim, precisam de fazer passeios diários de modo a evitar o excesso de peso, já que outro dos seus passatempos favoritos é comer. As caminhadas devem ser curtas e nunca em períodos de muito calor ou frio, pois estes cãopanheiros são muito afetados pela temperatura.

Cabe aos donos garantirem que os seus cães se encontram bem, em zonas com temperaturas adequadas e sempre com água fresca e sombra à sua disposição.

No que diz respeito a possíveis problemas de saúde, a sua estrutura volta a ter um peso crucial. Apresentam dificuldades respiratórias, problemas nas articulações, assim como infeções dermatológicas. É importante limpar o focinho diariamente e secá-lo com rigor, protegendo-o de possíveis infeções. Perde pelo, em especial na mudança de estação, portanto deve escová-lo semanalmente, para mante-lo limpo e brilhante.

Uma vez que é muito possessivo com a sua comida, é pertinente evitar alimentá-lo na presença de crianças ou outros animais, prevenindo assim possíveis comportamentos agressivos.

Tal como acontece com todas as raças, o Bulldog deve ser exposto a inúmeros ambientes, cenários, pessoas e outros animais desde cedo, para que seja, em todas as fases da sua vida, um cão equilibrado.

Saúde do Bulldog Inglês

Principais Preocupações: problemas respiratórios

Vistos ocasionalmente: displasia da anca, cegueira, entrópio, luxação patelar, problemas na cauda, problemas cardíacos

Exames Sugeridos: dermatológicos, cardíacos, respiratórios

Esperança média de Vida: 8-10 anos