Principais Características

  • Origem: Alemanha / França
  • Altura:

              –  Standard: 45cm a 60cm;

              – Médio: 35cm a 45cm;  

               – Miniatura: 28cm a 35cm;

               – Toy: 24cm a 28cm

  • Peso:

Standard: 22kg;

Médio: 12kg;

               – Miniatura: 5-7kg;

Toy: 2-4kg)

  • Pelo: encaracolado e denso                     Cor: branco, preto, castanho e cinzento
  • Função original: cão de caça de aves aquáticas

Origem e história da raça

Ao contrário do que geralmente se pensa, o Poodle viu a sua origem na Alemanha, mas foi de facto em terras francesas que esta raça foi desenvolvida, onde se tornou o cão elegante e estrela de concursos de canicultura que conhecemos atualmente.

Não existe consenso acerca dos seus antepassados, mas sabe-se que surgiu no século XV, com o propósito de caçar aves aquáticas e mais tarde, devido à sua inteligência e desejo de agradar os demais, foi também utilizado como cão de circo.

Rapidamente ganhou popularidade e encontrou apreciadores em toda a Europa, especialmente em França, onde foi eleito o cão nacional, adotando o nome de Caniche, denominação usada também em Portugal.

No século XVI desenvolveram-se outras variedades da raça para além do conhecido Poodle Standard e Poodle médio, usados em especial para a caça de aves. Surge então a variedade Miniatura, usada pelos franceses para detetar trufas nos bosques e a variedade Toy, um cão de companhia bastante pequeno e fácil de transportar, para o deleite da aristocracia.

Chegaram também ao continente americano, sendo registados pela primeira vez no AKC em 1886. Atualmente são vistos como cães de companhia e é uma das raças mais acarinhadas do mundo.

Temperamento do Poodle

São bastante leais, carinhosos e brincalhões. Apesar do seu porte elegante e um pouco altivo, o caniche é na realidade um cão de trabalho, dado o seu propósito inicial. Logo, é um cão ativo e energético que requer atenção e dedicação, tendo por hábito ladrar se se sentir ignorado.

Apesar de todas as variedades serem semelhantes, apresentam também alguns traços que os distinguem e que deve ter em consideração, caso pondere adquirir ou adotar um exemplar.

  • Caniche Médio e Caniche Standard são cães energéticos, leais e um pouco reservados;
  • Caniche Miniatura – bastante ativos, brincalhões e requerem muita atenção;
  • Caniche Toy excelentes cães de companhia, uma vez que adoram estar perto do dono. Requerem bastante atenção e são muito sensíveis, como tal, não reagem bem a um tom agressivo ou demasiado autoritário.

Curioso acerca do comportamento do Poodle na presença de outros animais, estranhos ou crianças? Bom, por norma, desde que socializados com outros animais desde cedo, todas as variedades reagem de forma tranquila. Contudo, as variedades mais pequenas, em particular o Toy, tendem a ser mais mimadas pelos donos e isso poderá conduzir ao ciúme e à agressividade para com outros animais.

Perante estranhos podem mostrar-se reservados e atentos, em particular o caniche médio e standard, alertando de imediato os donos da presença de terceiros, visto que são muito protetores da sua família.

No que diz respeito a crianças, é importante reforçar que apesar de ser uma raça amigável e sociável, o contacto deverá ser sempre supervisionado, garantindo que as crianças têm um comportamento adequado, especialmente com as variedades mais pequenas, dado que são muito frágeis.

  Como cuidar de um Poodle

 Se tem uma vida bastante ativa e ocupada, com pouco tempo para se dedicar ao seu novo companheiro, deverá reconsiderar a sua decisão, seja um caniche ou outro cão, uma vez que todos precisam de dedicação e tempo.

O poodle não foge à regra. Contudo, desengane-se se pensa que esta raça é frágil, sossegada e adepta do sofá durante longas horas. Os seus antepassados eram cães de caça, como tal, a genética não engana e estes exemplares são muito energéticos e precisam de exercitar devidamente.

Considerada uma das raças mais inteligentes do mundo, o poodle responde muitíssimo bem ao treino, portanto tire proveito disso mesmo e crie com o seu cão uma relação de confiança, estimulando-o mentalmente e fisicamente sempre que possível, para que este tenha tudo o que precisa para crescer de forma equilibrada, tornando-se um cãopanheiro ideal!

Apesar de todas as variedades se adaptarem facilmente à vida em apartamento, as variedades maiores, em particular o caniche standard, precisam de mais espaço para se movimentarem e correrem sempre que necessário. Precisam também de mais exercício, ao contrário das variedades mais pequenas. Estas necessitam acima de tudo de mais atenção e brinquedos para se distraírem.

Encantado com esta raça? Encontrou o seu companheiro ideal? Antes de tomar a sua decisão, vamos focar-nos num dos pontos mais importantes do Poodle – o pelo!

Não larga pelo, é sem dúvida um ponto positivo, mas o mesmo requer muita manutenção, em especial se for um cão que participa em concursos.

O pelo é denso e encaracolado e se não for escovado diariamente ficará emaranhado, criando os inevitáveis nós. Por norma, os donos recorrem a um profissional com regularidade para aparar, cortar com tesoura ou com máquina, o que se pode tornar dispendioso, ou optam por aprender a cuidar do pelo do seu poodle em casa, o que requer tempo e dedicação.

Apesar do seu pelo ser um ponto-chave, não pode esquecer -se de verificar e limpar com regularidade os olhos, orelhas, dentes e cortar as unhas, para desta forma prevenir eventuais problemas de saúde, assim como habituar desde cedo o seu patudo a estes procedimentos importantes e rotineiros.

 Saúde do Poodle

Principais Preocupações: nenhuma

Vistos ocasionalmente: displasia da anca e cotovelo, doença de Addison, dilatação gástrica, problemas dermatológicos, atrofia progressiva da retina, epilepsia.

Exames Sugeridos: quadril, cotovelos e olhos, pele

Esperança média de Vida: 12-15 anos