Beagle

Principais Características

  • Origem: Grã-Bretanha
  • Altura: 33 -40cm
  • Peso: 15-20 Kg
  • Pelo: curto
  • Função original: cão de caça, cão de rasto

 

 

Origem e história da raça

Não existem dados concretos acerca da origem desta raça, apenas sabemos que é bastante antiga. Os seus antecessores surgiram na Grã-Bretanha pela mão dos romanos, que trouxeram consigo cães de caça, de porte pequeno e cruzaram-nos com os cães locais, utilizados também para o mesmo propósito.

Os primeiros Beagles, denominados Pocket Beagles, eram pequenas miniaturas que cabiam na palma da mão. Produzidos para serem cães de caça, tornaram-se muito populares no reinado de Henrique VIII e da Rainha Isabel I devido ao seu pequeno porte e personalidade dócil. Contudo, por serem pouco velozes, dado o seu tamanho, esta variedade acabou por se extinguir e cães de porte maior foram produzidos, exatamente com o mesmo intuito, serem utilizados para a caça.

Com a crescente popularidade desta atividade, também os Beagles ganharam projeção e na segunda metade do século XIX foram exportados vários exemplares da raça para os Estados Unidos, sendo reconhecidos pelo AKC em 1885, como membros do grupo de caça.

Os Beagles podem apresentar várias combinações de tons, mas um dos traços que os caracteriza é a ponta da sua cauda, que deverá ser sempre branca, fator determinante de raça pura.

Temperamento do Beagle

Inteligentes, obstinados e curiosos, os Beagles são, sem dúvida, uma das raças mais populares e acarinhadas em todo mundo. Porém, será o cão ideal para si?

Se procura um cão calmo, pouco ativo, que exija pouca atividade física, este não será certamente o cão mais indicado. Apesar de serem amigáveis e muito brincalhões, o Beagle necessita de ser desafiado fisicamente e mentalmente, de forma a canalizar a sua energia.

Outro aspeto que destaca esta raça é o seu olfato invejável, o que poderá ser um problema, caso este não seja o foco do seu dono. Temos de ter em conta que o Beagle foi originalmente criado como cão de caça e cão de rasto, o que significa que sempre que detetar um odor interessante, este fará tudo para o encontrar.

São também conhecidos por serem muito vocais, especialmente se algo despertar o seu interesse, o que pode não agradar os vizinhos. Este fator, assim como a sua natureza curiosa e obstinada, podem representar um desafio para donos inexperientes e sem tempo para se dedicar a esta raça.

Amigáveis por natureza, o famoso cão de Charlie Brown, Snoopy, é um animal que gosta de fazer parte de uma família, canina ou humana e, por norma, dá-se bem com estranhos e crianças. Porém, caso tenha outros animais de estimação de porte pequeno, como hamsters, coelhos ou chinchilas, deverá supervisionar o contato, visto que eles poderão vê-los como presas e sentir necessidade de os perseguir.

Como cuidar de um Beagle

Se este é o seu cão de eleição, certifique-se que tem tempo para se dedicar a ele. Apesar de viver bem em apartamentos, o Beagle precisa de passeios longos e regulares. Para além disso, não gosta de ficar muito tempo sozinho em casa, caso contrário poderá sentir-se frustrado, levando-o a ladrar, roer, cavar, etc.

Dada a sua tendência para perseguir odores ou para vocalizar em demasia a sua frustração, é crucial treiná-lo desde cedo, expondo-o a diversas situações e ambientes, usando um tom firme e reforço positivo, nomeadamente petiscos, sempre muito apreciados pelos Beagles.

Para além disso, é importante passear com trela ou soltá-lo em espaços vedados, evitando que este se afaste ou fuja em busca de um odor ou de um animal pequeno.

Como é habitual em raças de pelo curto, o Beagle perde algum pelo, em particular quando se dá a mudança de estação. Todavia, se o escovar com regularidade, especialmente nessas fases, irá fazer toda a diferença, ajudando a manter um pelo saudável e brilhante.

Uma vez que têm as orelhas compridas, é aconselhável ter algum cuidado e verificar regularmente se estão limpas ou se há algum sinal de infeção, visto que têm alguma propensão para tal.

Saúde do Beagle

Principais Preocupações: Displasia da anca

Vistos ocasionalmente: hipotiroidismo, infeções no ouvido, surdez

Exames Sugeridos: quadril, ouvidos

Esperança média de Vida: 12-14

2019-04-16T20:20:13+00:00Abril 13th, 2019|Uncategorized|0 Comments

Leave A Comment