Setter Irlandês

Origem e história da raça

As origens do setter irlandês são desconhecidas, mas as teorias mais razoáveis constam em considerar esta raça como resultado de uma mistura de spaniels, pointers e outros setters, principalmente o inglês.

Caçadores irlandeses precisavam de um cão rápido, e com um nariz e que fosse grande o suficiente para ser visto à distância. Eles conseguiram encontraram o seu resultado nos setters vermelhos e brancos produzidos a partir destes cruzamentos.

As primeiras criações dos setters vermelhos sólidos apareceu por volta de 1800. Em poucos anos, estes cães ganharam uma grsnde reputação por causa da sua cor mogno rico.

É um caçador capaz e criadores dedicados reforçam a sua utilidade mantendo a sua grande capacidade de caçar. A raça aumentou principalmente em popularidade como um cão de exposição, e, mais tarde como um animal de estimação.

Temperamento do Setter Irlandês

setter irlandês foi criado para ser um caçador incansável e entusiasta tanto que se aproxima de tudo com uma atitude bem-humorada além de estar cheio de entusiasmo e fervor. Se sair diariamente para gastar a sua energia os cães dessa raça serão excelente companheiros. Porém, sem os exercícios necessários diariamente o cão poderá ficar excessivamente ativo levando à frustação e desvios de personalidade.

Esta é uma raça amável, ansiosos para agradar e ser parte das atividades da família além de ser excelente com as crianças.

 

Como cuidar de um Setter Irlandês

O Setter precisa de exercício, muito exercício mesmo. Não é justo esperar que um cão com tanta energia fique quieto e sentado.

Recomenda-se um mínimo de uma hora de jogos difíceis e cansativos por dia. O Setter é um cão sociável que vive muito bem com a sua família. A pelagem precisa de escovagens regulares a cada dois ou três dias, além de alguns recortes para melhorar a aparência.

 

2018-12-03T18:48:07+00:00Dezembro 3rd, 2018|Curiosidades|0 Comments

Leave A Comment