Cão de Pastor Alemão

Pastor Alemão

Principais Características

  • Origem: Alemanha
  • Altura: macho – 60 a 66 cm; fêmea – 55 a 60 cm
  • Peso: macho – 34 a 43 kg; fêmea – 34 a 43 kg
  • Pelo: curto, liso e denso
  • Função original: cão de pastoreio

 Tonalidades cromáticas

Bi-color

Dourado

Red ou Sable

Branco (retirado do grupo dos pastores alemães e dado o nome de Pastor Branco Suiço)

Negro – Preto

Lobeiro

Origem e história da raça

Inteligente, leal e ágil, o cão pastor alemão, também conhecido como Alsaciano, pertence a uma das raças mais populares em todo o mundo.

A sua origem remonta ao final do século XIX, na Alemanha, quando o reformado militar alemão Max Von Stephanitz decidiu criar o mais perfeito cão de pastoreio, o qual deveria reunir determinadas características: inteligência, agilidade e habilidade para o trabalho.

A crescente industrialização e o consequente impacto nas atividades agrícolas e pastoris, ditaram que esta raça fosse mais tarde utilizada pelas forças militares e policiais, algo que ainda se mantém na atualidade, dada a sua coragem, inteligência e prontidão para servir.

Tornaram-se bastante populares nos Estados Unidos durante a Primeira Guerra Mundial, sendo frequentemente utilizados pelos soldados. Nesta época destaca-se o cachorro Rin-Tin-Tin, adotado pelo regimento americano, que mais tarde se tornou famoso pela sua participação em diversos filmes.

Atualmente, apesar de já não se encontrar no topo da popularidade, o pastor alemão continua a ser um dos cães mais versáteis, alguma vez criados, desempenhando várias funções de trabalho, nomeadamente nas forças militares e policiais, como cão guia, cão de busca e salvamento, cão de exposição, cão de guarda, animal de estimação e cão de pastoreio, a sua função original.

Temperamento do Pastor Alemão

O pastor alemão destaca-se claramente pela sua inteligência, porte atlético, lealdade e coragem.

Com um olfato invejável, é sem dúvida um excelente cão de guarda, uma vez que se mostra sempre alerta e vigilante. Contudo, costuma mostrar-se desconfiado e reservado com estranhos. Como tal, requer-se algum cuidado e supervisão.

Caso não deseje tê-lo como como cão de guarda, é necessário habituá-lo desde cedo à visita regular de pessoas, amigos ou familiares, para que se acostume rapidamente à presença de estranhos, crianças e idosos.

Como cuidar de um Pastor Alemão

Curioso e sedento de aprender, esta raça precisa de ser desafiada regularmente com exercícios mentais e físicos. Corridas, aulas de treino e longos passeios terão de fazer parte da rotina do pastor alemão e da sua família.

É um cão ativo, pelo que não se recomenda que fique preso em canis ou confinado em apartamentos. Ele precisa de espaços amplos para correr e exercitar sempre que possível.

Uma vez que é bastante ligado à família, não é aconselhável deixá-lo muito tempo sozinho em casa. Poderá sentir-se frustrado, levando-o a ter comportamentos desadequados, como ladrar, cavar ou roer objetos, algo que se verifica especialmente se não forem exercitados devidamente.

O seu pelo denso precisa de ser escovado com regularidade, de forma a eliminar a sujidade e a diminuir a queda excessiva de pelo morto, mantendo assim o seu brilho.

Saúde do Pastor Alemão

Principais Preocupações: Displasia de quadril e cotovelo, torção de estômago e epilepsia

Vistos ocasionalmente: insuficiência pancreática, alergias e cataratas

Exames Sugeridos: quadril, cotovelos e olhos

Esperança média de Vida: 10-12 anos

 

A popularidade da raça conduziu à criação excessiva e ao cruzamento de cães sem a realização prévia de exames, resultando em graves problemas de saúde.

Já conhece o canal do youtube da nossa Escola para Donos?

 

2019-04-07T21:04:41+00:00Novembro 26th, 2018|Curiosidades|0 Comments

Leave A Comment