REGRAS DE ALIMENTAÇÃO

O MEU CÃO ESTÁ A COMER DE FORMA CORRETA?

Regras de alimentação caninas

Os cães são animais de matilha, habituados a viver em grupos hierarquicamente organizados. Quando um cachorro ou um cão adulto chega a uma família de humanos, é necessário estabelecer regras e mostrar quem é o líder, pois de outra forma, o animal presenciando deficiências na hierarquia, poderá tentar assumir a liderança, resultando em inúmeros problemas.

Um dos primeiros passos a implementar, de modo a estabelecer de forma clara e simples a hierarquia, é através da alimentação.

Vamos observar 3 regras:

1º Número de refeições diárias: três refeições para cachorros e duas refeições para cães adultos.

2º Mostrar que o dono é o responsável pela comida, logo o líder da matilha.

O objetivo inicial é que o cão coma diretamente da sua mão, durante um período de cerca de 15 dias. Imaginemos que o animal come 100gr diárias. O ideal seria dividir essa porção em duas refeições e colocar 50 gr na mão em forma de concha, para que o cão possa comer sem que a comida caia no chão.

Caso o cão não deseje comer mais, não o forçamos. Comerá na refeição seguinte.

Desta forma, criamos ou reforçamos a nossa ligação com eles. No caso dos cachorros é muito importante esta fase, noutras fases da vida do animal, acaba por reforçar a liderança.

3º Tempo para a refeição.

O animal não deverá ter a comida à sua descrição, para comer sempre que desejar. Ele deverá fazer as refeições de acordo com as suas necessidades nutricionais, inicialmente comendo da mão do dono e, posteriormente, comendo da sua gamela, num período de 10 ou 15 minutos. Após esse período, a gamela deverá ser retirada até à próxima refeição.

Em todos os casos, é crucial observar como os cães funcionam na natureza e em matilha. Podemos dar-lhes todo o amor e carinho, mas é também importante aplicar regras para garantir o seu equilíbrio emocional.

2019-04-13T13:51:40+00:00Setembro 12th, 2017|Uncategorized|0 Comments

Leave A Comment